Aspacer participa de discussões sobre novo mercado do gás natural

Postado em Gás Natural

A Aspacer participou ontem, 28, em São Paulo, de evento promovido pela Anfacer – Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres, com apoio do Sindiceram – Sindicato das Indústrias de Cerâmica – Criciúma, denominado Novo Mercado de Gás Natural no Brasil: Perspectivas e Oportunidades para o setor cerâmico, na sede da Câmara Árabe.

Marco Tavares e Rivaldo Neto, ambos da empresa Gás Energy, fizeram uma análise histórica do mercado de gás natural e das transformações que ao longo do tempo as propostas apresentadas pelo governo para de fato promover a abertura do mercado de gás natural. “Agora sim, consumidores de gás natural industrial de grande potencial, como é o caso do setor cerâmico de revestimento, poderão buscar outras alternativas de suprimento, e isso muda completamente a expectativa para um futuro próximo. Sem dúvida, vemos essa possibilidade como uma forma de dar maior competitividade aos segmentos industriais”.

E essa também é a opinião do Presidente da Anfacer, Manfredo Gouvêa Junior. “Essas discussões são determinantes para que possamos chegar às conclusões enquanto empresas e entidades associativas sobre o que fazer daqui pra frente, buscando informações para trazer melhores condições para o setor, frente aos nossos concorrentes internacionais”, definiu Manfredo Gouvea Junior, presidente da Anfacer.

“Esse é um momento histórico para o mercado de gás natural, que dará maior dinâmica, abertura e concorrência para o setor industrial, e sem dúvida, maior competitividade. Um trabalho forte, consistente e de persistência das associações envolvidas, assim como também uma bandeira importante liderada pelo Governo Federal. É uma honra participar desse momento”, disse em discurso Luís Fernando Quilici – diretor de relações institucionais e governamentais da Aspacer.

“Vimos um governo com vontade política de enfrentar o problema e essas decisões terão impactos para a indústria”, finalizou Otmar Muller, presidente do Sindiceram e diretor industrial da cerâmica Eliane.

Fonte: Foto oficial Anfacer