Câmara discute o tema material particulado nas cidades do polo cerâmico de Santa Gertrudes

Postado em Setor

A Aspacer participou de gravação de programa de entrevistas na sede da Câmara de Vereadores de Santa Gertrudes no último dia 18. Almir Guilherme – diretor executivo da Associação, Dr. Sebastião Carvalho e Meyre Oliveira, docentes da Unesp – Rio Claro conversaram com o apresentador Gabriel Ragghiante. O tema esteve centrado no convênio firmado em 2017 entre a Aspacer e a Universidade, que possui como objetivo, planos de ação para combater o material particulado (poeira) na região do polo cerâmico de Santa Gertrudes, tema proposto pelo vereador Willian Bento, que também participou da gravação. “Poder contar com o conhecimento da academia, envolvendo docentes, pesquisadores e alunos de uma instituição tão renomada como a Unesp, com certeza é extremamente valioso para atingirmos resultados promissores ao que nos propomos que é definitivamente encontrar o agente causador ou fatores conjugados que originam a poeira nessa região”, explicou Guilherme. A primeira das ações foi através dessa parceria, possibilitar a instalação de equipamentos para medição do material em pontos estratégicos do município de Santa Gertrudes. “Ação que conseguimos executar com o apoio da Aspacer e que até o final do ano nos dará resultados para apresentarmos à população de Santa Gertrudes”, afirmou Meyre. “Sabemos que o problema é recorrente na região, que possui vocação mineradora e que a geração da poeira não decorre apenas deste setor, mas também em sua grande parte da atividade agrícola, pois já conseguimos detectar que a composição do material em suspensão no ar é a mesma daquela encontrada no solo, principalmente nas estradas não pavimentadas. Temos plena certeza que esse estudo renderá bons frutos para ações de mitigação do material particulado que tanto incomoda a população. Se depender da Unesp com apoio e parceria da Aspacer, em breve, teremos notícias positivas”, finalizou Carvalho.