Matéria da Rede Globo repercute o aumento do gás natural no setor cerâmico

Postado em Gás Natural

A EPTV, emissora filiada da Rede Globo, exibiu ontem,14, matéria sobre os impactos do aumento do gás natural no setor cerâmico, nas áreas de concessão da Comgás. É unânime a opinião dos empresários que esse aumento terá uma repercussão muito negativa, resultando até em demissões e paralisação das linhas de produção. O reajuste foi autorizado pela ARSESP para áreas de concessão da Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), por meio da resolução nº 849/19. O Gás Natural Industrial teve um aumento médio de 35%. Esse reajuste é considerado extraordinário, uma vez que em maio de 2018, as tarifas já haviam passado por um acréscimo de em média 20%. “Esse reajuste, vem num momento em que a situação do mercado é delicada. Apesar dessas e outras dificuldades enfrentadas pelo setor, a ASPACER continua de maneira incessante a lutar para a plena abertura do mercado de gás natural no país, condição estruturante que permitirá o aumento da oferta de gás a preços mais competitivos, além disso, buscando também soluções para o aumento da eficiência energética das unidades fabris de nossos associados”, afirma Luís Fernando Quilici – diretor de relações institucionais e governamentais da ASPACER.

Confira a matéria:

http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/jornal-da-eptv-2edicao//videos/v/aumento-de-mais-de-30-do-gas-natural-afeta-ceramicas-em-santa-gertrudes-e-rio-claro/7382793/