ASPACER inaugura painéis fotovoltaicos

Postado em Cerâmica

Foi inaugurado nesta terça-feira, 30, na sede da A Associação Paulista das Cerâmicas de Revestimento (ASPACER), por meio de uma parceria com o Thymos Energia um complexo de placas fotovoltaicas em sua sede. Os 16 painéis instalados, junto com sua central geradora, darão a entidade autonomia energética, sendo que o excedente de energia gerada, caso houver, será injetado na rede da distribuidora, resultando créditos, que podem ser utilizados nos meses subsequentes para abater os custos fixos de distribuição que são cobramos pela concessionária de energia. Presidente da ASPACER Benjamin Ferreira Neto, explicou que o setor vem há vários anos buscando meios para otimização do uso de suas matrizes energéticas e agora com a instalação dos painéis fotovoltaicos abre mais uma possibilidade para ser avaliada. “A linha de produção cerâmica exige que suas fábricas tenham uma área de telhado muito grande, que favorece a implantação dos painéis. Eu não tenho dúvida que em um breve espaço de tempo será uma tecnologia economicamente viável para industria e uma realidade para o nosso setor”, declarou. Conforme o diretor de Relações Institucionais e Governamentais da ASPACER, Luís Fernando Quilici, o setor de cerâmica de revestimento tem um consumo intensivo de energia tanto de gás natural como energia elétrica, o que tem um impacto bastante grande nos custos de fabricação da cerâmica, chegando a 40% do custo total sendo 25% gás e 15% de energia elétrica. “O projeto tem como meta produzir um case que possa ser replicado para as indústrias e sociedade de modo geral. Assim desta forma estabelecemos essa parceria com a Thymos, onde foi possível viabilizar esse sistema fotovoltaico que tem como meta principal produzir energia limpa e ao mesmo reduzir custos”, explicou. De acordo com Presidente da Thymos Energia, João Carlos Vieira Mello, o futuro já se faz presente, quando o assunto é energia solar, por conta do potencial de abastecimento solar que existe no Brasil. “Nós temos uma parceria com ASPACER há cinco anos, onde buscamos otimizar a energia da melhor forma possível para grandes fábricas, e dado o andamento dessa prática buscamos implantar um projeto piloto e fomos em frente com o objetivo de desmistificar a energia solar e mostrar que ela é uma solução energética que veio para ficar”, avaliou. No evento, estiveram presentes ceramistas, representantes da cadeia produtiva, autoridades de Santa Gertrude, Cordeirópolis e Rio Claro além de convidados.

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page