Petrobras faz manobras em terminais de GNL para evitar falta de gás

Postado em Gás Natural

A Petrobras anunciou, nesta última quarta-feira (25/7), um conjunto de medidas para minimizar os impactos no fornecimento de gás natural com a parada de 45 dias da plataforma de Mexilhão e evitar o desabastecimento. Entre as ações, estão a ampliação da capacidade de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) do terminal da Bahia, de 14 milhões de m³/dia para 20 milhões de m³/dia, e a disponibilidade de um navio regaseificador para atender ao terminal da Baía de Guanabara (RJ), que pode ofertar mais 14 milhões de m³/dia. Além da manobra com os terminais de GNL, também será feita a redução na demanda de termelétricas que concentraram suas paradas programadas de manutenção durante o período de paralisação de Mexilhão. Esta questão foi articulada junto ao ONS. (Fonte: Valor Econômico)

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page