ASPACER apoia projeto educativo dos Comitês PCJ

Postado em Ambiental

A ASPACER – Associação Paulista das Cerâmicas de Revestimento em apoio ao Projeto de produção de cartilhas educativas de iniciativa da CTSAM – Câmara Técnica de Saúde Ambiental dos Comitês PCJ – Piracicaba, Corumbataí e Jundiaí, participou da entrega do material aos alunos da Escola Municipal Antonio Sebastião da Silva, localizada no bairro Cervezão em Rio Claro. Luís Fernando Quilici, diretor de relações institucionais e governamentais fez uma explanação didática sobre os setores de mineração e de cerâmica de revestimento aos alunos através de amostras de argila e de revestimento cerâmicos acabados. “Para nós é uma honra participar de ações educativas como essa, demonstrando o engajamento do setor às boas práticas do desenvolvimento sustentável. Unir-se aos Comitês PCJ em defesa da água, é motivo de orgulho”.

Além da ASPACER, estiveram representadas as autarquias do município: Departamento Autônomo de Água e Esgoto – DAAE, Vigilância Sanitária e Epidemiológica, Secretaria de Saúde, Câmara Técnica de Saúde Ambiental dos Comitês PCJ e a Secretaria do Meio Ambiente. “A ASPACER demonstra que se preocupa com o meio ambiente e com a preservação do recurso natural e faz um excelente papel quando participa de ações como essa, que colaboram para a educação principalmente dos jovens e despertam para a consciência ambiental”, destacou o geólogo Antônio Penteado – Secretário de Meio Ambiente de Rio Claro, que participou do evento, representando o prefeito de Rio Claro, João Teixeira Junior.

Denominada “Cada gota tem a história da gota”, as cartilhas fazem parte da coleção de educação em Saúde Ambiental da Câmara Técnica que contam a história de uma gota da água que apresenta sua origem desde a nascente até ficar poluída com micro-organismos e outros agentes patogênicos que são relacionados à água,  mostrando a necessidade e dependência da água para a manutenção da vida e saúde.

O tema inserido na cartilha foi escolhido devido a recente crise hídrica, que contou com diversos surtos e epidemias devido à utilização de água de fontes não potáveis. O objetivo é colaborar com os conhecimentos dos estudantes, dando suporte em sala de aula aos professores para trabalhar o tema água segura, potabilidade e doenças de veiculação hídrica. “Esse projeto é essencial para as crianças e jovens do município e é de extrema importância poder contar com o apoio da associação que representa os ceramistas, pois o livro se torna um documento e através das informações que constam nele, os alunos se tornam multiplicadores da importância de preservar o meio ambiente, principalmente a água, recurso essencial para a vida”, afirmou Maria Cristina Bianchini Coneglian – diretora da Escola Municipal Antonio Sebastião da Silva.

O Projeto foi idealizado por Dejanira Franceschi de Angelis – Professora Adjunta do Instituto de Biologia da UNESP de Rio Claro e foi produzida por um Grupo Técnico que conta com os membros da CTSAM – Câmara Técnica de Saúde Ambiental dos Comitês PCJ em parceria com a ASPACER, que traz na contracapa do livro o seu comprometimento com a Responsabilidade Socioambiental. A primeira tiragem das cartilhas feita pela Agência PCJ, foi distribuída para os municípios de Santa Bárbara D’oeste, Ipeúna, Santa Gertrudes e Cordeirópolis e esta segunda tiragem foi compartilhada para os municípios de Rio Claro; Iracemápolis na Escola Municipal Profa. Dulcidia Costa Rivaben e hoje no período da tarde está agendado para ser apresentada aos estudantes da Escola Estadual Arlindo Silvestre, na cidade de Limeira. “Essa parceria vem firmar o apoio da instituição nas ações educativas e na formação de cidadãos mais conscientes, é muito importante que as empresas e instituições estejam abertas a melhorar a formação dos alunos. A ASPACER entende o nosso objetivo e sabendo de seu papel frente à sociedade realiza esta parceria, que tenho certeza que irá render muitos frutos”, declarou Adriana Fabiana Corrêa da Silva – Tecnóloga em Gestão Ambiental e Coordenadora da Câmara Técnica de Saúde Ambiental dos Comitês PCJ.

Fonte: Créditos da foto: Eduardo Viana