Reinstalada Frente Parlamentar Mista Pró-Gás Natural

Postado em Frente Parlamentar

Para ASPACER, a reinstalação da Frente traz para o parlamento a discussão sobre a real importância do gás natural na matriz energética brasileira

Dada a importância cada vez maior do gás natural na matriz energética brasileira, o Deputado Federal Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP) reinstalou na tarde desta quarta-feira,18, na Câmara dos Deputados, em Brasília, a Frente Parlamentar Mista Pró-Gás Natural, com a adesão de 228 parlamentares. A ASPACER esteve representada pelo diretor de relações institucionais e governamentais e coordenador do Fórum do Gás, Luís Fernando Quilici.

“Hoje damos um importante passo na direção de termos uma política energética brasileira com a reinstalação da Frente Parlamentar Mista Pró-Gás Natural. Temos que colocar o Brasil no rol das grandes potências energéticas mundiais”, disse Mendes Thame.

Durante o evento, o Professor Fernando Garcia de Freitas apresentou o estudo “Impactos Econômicos de uma Redução no Preço do Gás Natural” realizado pela Fundação de Instituto de Pesquisas Econômicas- FIPE. Freitas afirmou que a queda no preço do gás natural é questão fundamental para o posicionamento estratégico do Brasil no mercado mundial, ao aumentar a competitividade; contribuir para alavancar a economia do país e elevar o número de postos de trabalho.

Para Quilici, a reinstalação da Frente traz para o parlamento a discussão sobre a real importância do gás natural na matriz energética brasileira, além de permitir o debate sobre uma verdadeira política energética de Estado, fator preponderante para que o país tenha competitividade no mercado global.

O evento contou com a participação dos deputados Antônio Imbassahy (PSDB-BA), Davidson Magalhães (PCdoB-BA), Delegado Waldir (PSDB-GO), Evandro Roman (PSD-PR), Jaime Martins (PSD-MG), Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) e Weliton Prado (PT-MG). Participaram também o diplomata Paulo Batalha, do Ministério de Relações Exteriores (MRE); e representantes da Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro (Abividro), da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Indústrias de Energia e de Consumidores Livres (Abrace), da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica (Apine) e da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás).

Fonte: José Henrique – Assessor de Imprensa do Deputado Federal- Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP)