Sustent´Arte é escolhido no 23º Prêmio FIESP de Mérito Ambiental

Postado em Responsabilidade Social

image2O Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental, instituído em 1995, objetiva distinguir e homenagear, anualmente, a empresa industrial, extrativa, manufatureira ou agroindustrial com maior destaque na implementação de projeto ambiental, com resultado significativo para a melhoria da qualidade do meio ambiente e procura mostrar à sociedade a preocupação e o empenho da indústria paulista quanto à melhoria da qualidade ambiental.

Todo ano, o Prêmio oferece três tipos de reconhecimento: Troféu de Mérito Ambiental, Menções Honrosas e Destaque Responsabilidade Socioambiental. O Projeto Sustent´Arte, uma iniciativa do SESI, Prefeitura de Santa Gertrudes e Cordeirópolis e ASPACER/SINCER recebeu em evento recente na FIESP, o prêmio Destaque no quesito Responsabilidade Socioambiental.

Na edição 2017 do prêmio, ao todo 15 cases foram considerados na temática responsabilidade social, em que os finalistas premiados receberam a placa de Destaque Responsabilidade Socioambiental. Além do Sustent´Arte, apresentado pelo SINCER -Sindicato das Indústrias da Construção, do Mobiliário e de Cerâmicas de Santa Gertrudes, outras empresas foram selecionadas: AES Eletropaulo, Concessionária Auto Raposo Tavares, Copastur Viagens e Turismo, Tetra Park, Visafértil e Votorantim Cimentos.

Sobre o Sustent´Arte

Com objetivo de que a atividade artesanal tenha valores apreciativos no campo da sociabilidade, da integração comunitária, do incentivo à criatividade, reduzindo o descarte de materiais e contribuindo para a preservação do meio ambiente, a ASPACER/SINCER investe no Projeto Sustent´Arte, que foi iniciado no município de Santa Gertrudes, em 2013. A iniciativa conquistou o 7º Lugar no Prêmio Benchmarking Brasil- Categoria Sustentabilidade, concorrendo com 188 projetos das maiores empresas do país, como: Ambev, ArcelorMittal, Sabesp, CPFL, Embratel, Itaipu, dentre outras; o 2º lugar no Prêmio FIESP Melhores Práticas Sindicais – na categoria Responsabilidade Socioambiental, em 2014, e agora está sendo executado no município de Cordeirópolis.

O Projeto Sustent´Arte surgiu para atender as indústrias em seus projetos de Responsabilidade Social, desenvolvendo produtos artesanais personalizados, utilizando a técnica do mosaico. Em Santa Gertrudes, o resultado foi muito positivo para o segmento de revestimentos cerâmicos. “A iniciativa se torna extremamente importante para o setor cerâmico de revestimento, uma vez que os resíduos gerados pela indústria, que não são poluentes ao meio ambiente, são reaproveitados, promovendo o segmento através do desenvolvimento de produtos com apelo comercial, estimulando a qualificação da comunidade do entorno das cerâmicas, formada por familiares dos colaboradores de cerâmicas e pessoas em situação de vulnerabilidade social, visando o empreendedorismo e a promoção de geração de renda”, destaca Benjamin Ferreira Neto – presidente da ASPACER e do SINCER.

As empresas participantes, que ofereceram o material de descarte, necessário para o desenvolvimento do mosaico, foram as Cerâmicas: Almeida, Villagres, Atlas, Lineart, Ceral e Celva. Ao todo, atuaram no Projeto duas turmas, com 20 participantes cada, capacitados por uma profissional especialista do SESI, apoiados também pela equipe de design do SENAI de São Bernardo – SP.

Em Cordeirópolis, o projeto foi iniciado em 2015. As cerâmicas que aderiram ao projeto no município são: Ceral, Cecafi, Grupo Rocha, Incefra e Unigrês, que apesar de pertencer ao município de Limeira, foi autorizado pela prefeitura de Cordeirópolis para participar da iniciativa.