Fórum de Design apresenta o tema “Modernidade Líquida”

Postado em Design

O Fórum de Design traz para este ano o tema “Modernidade Líquida” cunhado pelo filósofo e sociólogo polonês Zygmunt Bauman, morto há dois anos na Inglaterra. A metáfora da liquidez tem cinco conceitos básicos de grande relevância ao pensamento e reflexão sobre os nossos comportamentos sociais. Segundo seus comentadores, nas condições humanas atuais, emancipação, individualidade tempo/espaço, trabalho e comunidade são temas que Bauman, pela ótica da sociologia, busca dar respostas as interrogações tais como: O que é uma sociedade? Como ela se identifica? Como é composta? Qual relação que há entre os elementos que a compõem e o mundo exterior? A sociedade caminha para a modernidade? ou já está nela? O que é modernidade sólida e líquida? Diante dessas indagações Bauman analisa a complexidade das novas sociedades e a maneira de enfrentar o fenômeno do imediatismo. O propósito principal de modernidade líquida é tratar de responder a essas perguntas, uma tarefa nada fácil. Bauman realiza uma valiosa análise sociológica, um dos pontos relevantes do texto é a dissolução do sentido de pertencimento social do ser humano, para dar lugar à individualidade. O último trabalho de Bauman, Retropia, (Retrocesso) faz releitura de modernidade líquida. Enquanto modernidade faz crítica ao consumo e ao individualismo, Retropia – que quer dizer na realidade retrocesso utópico – nos faz pensar em voltar às origens, olhar para o comum, a comunidade.