Segundo economista da Serasa Experian, expectativa é de retomada da economia

Postado em Economia

Hoje, 10, Luís Rabi, economista da Serasa Experian, esteve na sede da ASPACER para ministrar palestra ao Grupo de Excelência de Crédito e Cobrança, formado por profissionais das indústrias cerâmicas.

Como pauta, a economia e seus desdobramentos para 2017. Rabi destacou em vários temas tratados, expectativa positiva para o decorrer deste ano.

“O primeiro semestre apresentará queda de juros e a projeção que até o final do ano, esses números cheguem a 9%”.

Ainda para ele: a exportação de comodities começou a subir e tem bons indicadores, a inadimplência do consumidor está se estabilizando, pois de acordo com uma pesquisa recente, o consumidor está utilizando o resgate do FGTS para pagamento das dívidas e mais: existe expectativa para maior estabilidade de emprego e as vendas do varejo devem retomar, fatores que segundo segundo o especialista apontam para o fim da recessão.

Dentro desse panorama positivo, Rabi citou alguns fatores que podem atrapalhar o cenário de boas expectativas. O primeiro deles: a questão fiscal, que inclui a reforma da previdência; seguido pelas privatizações e concessões e o terceiro é a dívida das empresas, que de 9 milhões existentes no país, 5 milhões possuem alguma dependência no SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).