ANFACER, ASPACER e SINCER participam de manifesto da FIESP, que pede harmonia entre os Poderes

Postado em Setor

Quilici : " O Brasil só avançará se tivermos diálogo e estabilidade institucional"

Quilici : ” O Brasil só avançará se tivermos diálogo e estabilidade institucional”

A Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres (ANFACER), Associação Paulista das Cerâmicas de Revestimento (ASPACER) junto com o Sindicato da Indústria da Construção do Mobiliário e de Cerâmicas de Santa Gertrudes (SINCER), estão entre as entidades signatárias do manifesto que foi oficialmente divulgado nesta sexta-feira (10), pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP). O Documento é um pedido de harmonia entre os três Poderes no Brasil.

O manifesto da FIESP, cita que as entidades da sociedade civil, que assinam o documento, avaliam com grande preocupação a escalada da tensão entre as autoridades públicas. “O momento exige de todos serenidade, diálogo, pacificação política, estabilidade institucional e, sobretudo, foco em ações e medidas urgentes e necessárias para que o Brasil supere a pandemia, volte a crescer de forma sustentada e continue a gerar empregos.”, informa a FIESP por meio do documento.

Presidente do Conselho Administrativo da ANFACER, Benjamin Ferreira Neto, afirma que o manifesto é um pedido objetivo das indústrias, para que haja uma cooperação de todas as instituições na retomada da economia. “É preciso um pacto institucional, que gere uma convergência entre os poderes, no sentido de pavimentar um caminho que traga o crescimento econômico, o combate à inflação e a geração de emprego e renda para o Brasil”, pontuou.

Diretor de Relações Institucionais da ASPACER, Luís Fernando Quilici, diz que as entidades que representam o setor cerâmico, aceitaram participar do movimento, pois têm o entendimento que a harmonia entre os Poderes é inexorável. “Essa é uma mensagem coletiva ao Legislativo, Judiciário e Executivo, pois a responsabilidade é conjunta. O diálogo e a estabilidade institucional nunca foram tão necessários como agora, para que o Brasil volte a crescer”, afirmou Quilici.

O Documento divulgado pela FIESP conta com a assinatura de mais de 200 entidades empresariais. A publicação na integra pode também ser acessada pelo endereço hotsite.fiesp.com.br/praca-tres-poderes

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page