Categoria: Economia

Preço do diesel da Petrobras sobe 3,7% 

A Petrobras eleva hoje (16) o preço do diesel fornecido no Brasil em 3,7%, representando uma alta de 10 centavos. O preço do diesel nacional passa para R$ 2,76 por litro. Entre 25 de março e 10 de abril, a companhia havia promovido cortes que acumularam uma redução de 19 centavos nessas duas semanas. Dessa

Leia mais

Vendas de imóveis crescem 49% 

Apesar da piora do cenário macroeconômico, do aumento recente de 0,75 ponto percentual da taxa básica de juros Selic e das incertezas em relação ao ritmo da vacinação contra a covid-19, a demanda por imóveis residenciais continua muito aquecida. Com exceção da MRV, todas as incorporadoras que já apresentaram prévias operacionais elevaram vendas no primeiro

Leia mais

Governo está sem apoio para novo ICMS dos combustíveis

O governo federal voltou atrás e retirou a urgência constitucional que havia pedido para o PLP 16/2021, que unifica a cobrança de ICMS sobre combustíveis nos estados e altera a tributação – projeto é parte do pacote de medidas anunciado por Bolsonaro em resposta à alta dos preços.  A decisão foi tomada nesta terça (30),

Leia mais

Alta de juros e pandemia pressionam empresas

A subida mais forte das taxas de juros torna ainda mais desafiador o cenário para milhares de empresas neste ano, já pressionadas pelo fracasso do Brasil no combate à pandemia e pelo aumento de custos. Especialistas em reestruturação de passivos, bancos e associações setoriais veem risco de inadimplência e quebras num ambiente econômico ainda fraco.

Leia mais

Déficit em produtos químicos avança 21,2% e totaliza US$ 5,4 bilhões no bimestre

O déficit acumulado da balança comercial de produtos químicos atingiu US$ 5,4 bilhões nos dois primeiros meses do ano. O valor representa crescimento de consideráveis 21,2% em relação ao mesmo período do ano passado, que havia sido de US$ 4,4 bilhões. No primeiro bimestre de 2021, as importações de produtos químicos totalizaram praticamente US$ 7,2

Leia mais

Reajustes das usinas de aço afligem clientes industriais

A indústria de transformação e a construção civil, grandes consumidores de aço, vêm sofrendo seguidos reajustes de preços desse insumo desde os meados do segundo semestre de 2020, com impacto sobre seus custos. E não se prevê que essas altas venham a ser estancadas tão cedo, o que deverá ter reflexos nos índices de inflação

Leia mais