Categoria: Construção

Inflação da construção civil cai para 1,24% em julho

O Índice Nacional de Custo da Construção-M (INCC-M), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve inflação de 1,24% em julho deste ano, percentual inferior ao apurado no mês anterior (2,30%). Com o resultado, o índice acumula  10,75% no ano e 17,35% em 12 meses. De junho para julho, houve quedas nas taxas de inflação dos

Leia mais

Em junho, Índice Nacional da Construção Civil foi de 2,46%

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) foi de 2,46% em junho, a maior taxa da série com desoneração da folha de pagamentos, iniciada em 2013. O resultado ficou 0,68 ponto percentual acima da taxa de maio (1,78%).As taxas apresentaram alta em todas as regiões, sobretudo no Sul (3,80%), puxada pela alta no Paraná (5,42%).

Leia mais

Índice Nacional de Custo da Construção registra queda

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), indicador nacional medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou inflação de 0,18% em julho deste ano, taxa inferior ao 2,32% de junho deste ano e ao 1,91% de julho de 2020. Apesar disso, a inflação acumulada em 12 meses está em 34,61%, bem acima dos 8,57% acumulados

Leia mais

Custos da construção sobem 1,78% em maio

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) fechou o mês de maio com alta de 1,78%, ficando 0,09 ponto percentual abaixo do registrado em abril, quando o indicador subiu 1,87%. Os dados foram divulgados nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado de 12 meses, a taxa subiu 18,18%, a maior

Leia mais

Inflação da construção civil é a maior em 28 anos

Os produtos na construção civil registram, em maio, o maior patamar de inflação acumulada em 12 meses dos últimos 28 anos. É o que aponta levantamento exclusivo da Fundação Getulio Vargas (FGV), elaborado a partir do Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) de maio. De acordo com André Braz, economista responsável pelo estudo, dentro do Índice

Leia mais

Construtoras esperam solução para não serem forçadas a paralisarem as obras

Os preços dos materiais de construção continuam subindo de forma impressionante. Oneram excessivamente o custo das obras, que vão se tornando cada vez mais inexequíveis, dentro do pactuado com seus contratantes. No acumulado de 12 meses até abril do INCC-M, registraram aumentos expressivos: vergalhões e arames de aço carbono (68,85%), tubos e conexões de ferro

Leia mais