Distribuidoras confirmam aumento de 39% no gás da Petrobras

Postado em Gás Natural

A Abegás confirmou nesta última quarta (28) que a Petrobras irá reajustar o custo da molécula e do transporte do gás natural em 39%, a partir de 1º de maio.
O reajuste é previsto em contratos de venda do gás, com cláusulas que consideram o preço de referência do petróleo e o câmbio, dois indicadores que subiram do ano passado para cá, pressionando a inflação no Brasil.
A associação, que representa as distribuidoras de gás natural, afirma que tentou negociar medidas de curto prazo, sem sucesso. O reajuste médio de 39% chegará para os consumidores por meio das revisões de tarifas que são feitas nos estados “Os aumentos no preço do gás natural não trazem benefícios para as distribuidoras. Ao contrário, acabam tirando competitividade do gás natural em relação aos outros combustíveis como a gasolina, óleo combustível, GLP (gás de botijão) e também a eletricidade”, diz a Abegás.

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page