Aspacer participa de realização do Seminário Cristalina 2040

Postado em APL, Mineração

A Aspacer em parceria com o Ministério da Economia e Ministério da Ciência da Tecnologia e Inovação, através do GTP APL, IBICT e CT Rede APL Mineral realizará nos dias 25 de agosto, 1º e 8 de setembro, o Seminário Cristalina 2040.
O objetivo do evento, que será virtual, é o de promover a integração das atividades econômicas, do desenvolvimento sustentável territorial e fortalecimento do Arranjo Produtivo de Gemas e Jóias, Artesanato Mineral e Turismo de Cristalina – GO. Na oportunidade, serão apresentadas as variáveis dos fatores de desenvolvimento da região, com metodologia para ser aplicada em outros APLs, com a proposta de sensibilizar a sociedade civil organizada e o poder público para que juntos alcancem os objetivos planejados.
“A parceria e o apoio da Aspacer para este projeto é permitir divulgar e disseminar para todo país, uma nova metodologia inovativa com base na participação e no território, que propicia apropriação, comprometimento e mudança de mentalidade, a partir de todos os ‘atores’ participantes do APL”, disse Elzivir Guerra – coordenador do CT RedeAPLmineral e analista em C&T do CGEN/DETEC/SEMPI/MCTIC.
Recentemente, o Estado de São Paulo, renovou o reconhecimento do APL de Cerâmica em Santa Gertrudes – SP, que conta com 19 empresas e cerca de 14 mil empregos gerados diretamente. A maior parte da indústria de cerâmica de revestimento nacional está concentrada no sul e sudeste, sendo Santa Gertrudes um dos principais polos produtivos – 92% da produção paulista. De acordo com dados do CETEM – Centro de Tecnologia Mineral, este APL é um dos principais produtores de revestimento do mundo, e o maior das Américas, tendo sido responsável, em 2010, pela produção de 509 milhões de m² de revestimentos. “Para ASPACER, apoiar o Seminário Cristalina 2040 é a oportunidade de trocar experiências e conhecimento com o APL daquela região e conhecer esta nova metodologia de planejamento de longo prazo por processo prospectivo, avaliando a possibilidade de sua aplicação na elaboração e formulação de um plano de ações e estratégicas para buscar alcançar como um futuro desejável, possível e realizável o desenvolvimento sustentável do Arranjo Produtivo de Cerâmica Vermelha de Revestimento de Santa Gertrudes”, finalizou Luís Fernando Quilici – diretor de relações institucionais e governamentais da Aspacer.