Diretor da Aspacer participa de matéria publicada no Jornal Valor Econômico

Postado em Gás Natural

Produzida por André Ramalho, o texto tem como título "Consumidor industrial já prepara migração para mercado livre de gás natural"

Confira trecho do texto: O diretor de relações institucionais da Associação Paulista das Cerâmicas de Revestimento (Aspacer), Luís Fernando Quilici, afirma que o setor tem a expectativa de conseguir reduzir os preços de compra do gás para US$ 7 o milhão de BTU (unidade térmica britânica) no city gate (ponto de entrega para a rede das distribuidoras). Atualmente, esse valor oscila entre US$ 8,5 e US$ 10 o milhão de BTU, dependendo da região. O gás é o principal insumo da indústria de cerâmica, sendo responsável por 30% do custo de produção do setor. Segundo Quilici, dezenas de empresas monitoram as oportunidades de migrar para o mercado livre e estudam com outros segmentos (como os de química e vidro) a possibilidade de formação de um consórcio para compra conjunta de gás no mercado livre no médio prazo. “Isso dá maior poder de negociação”, disse.

Leia mais: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2019/09/17/consumidor-industrial-ja-prepara-migracao-para-mercado-livre-de-gas.ghtml.