Setor Cerâmico se reúne com Carlos Langoni, diretor do Centro de Economia Mundial da FGV

Postado em Gás Natural

Empresários do setor cerâmico se reuniram ontem, 09, com Carlos Langoni, diretor do Centro de Economia Mundial da FGV no Rio de Janeiro e ex-presidente do Banco Central. O economista discutiu com os representantes sobre a competitividade do Gás Natural para o setor.

 Estiveram presentes na reunião Luís Fernando Quilici – diretor de relações institucionais e governamentais da Aspacer, Benjamin Ferreira Neto – vice presidente da Anfacer, Maurício Borges – CEO da Anfacer, Manfredo Gouvêa Junior – presidente do Conselho Administrativo da Anfacer, Fernando Naves Blumenschein – gerente executivo da FGV Projetos e Edson Gaidzinski Junior – conselheiro da Anfacer.

 Atualmente, o setor cerâmico é o segundo maior consumidor industrial de gás natural no Brasil e conta com um consumo total de 107.205.265 m³/mês  (dados de 2018). Por isso, a demanda de um valor mais competitivo e de estratégias em relação ao custo desse combustível são tão relevantes.

 O diálogo com Langoni é fundamental, já que o economista é uma autoridade quando o assunto é o Gás Natural e a FGV também possui diversos estudos sobre o assunto, como o “Caderno de Gás Natural FGV Energia”.

Fonte: Assessoria de Imprensa Anfacer