“Governo precisa ter regras claras que incentivem o crescimento”, define Luiz Rabi

Postado em Outro

Luiz Rabi esteve na sede da ASPACER hoje, 18, e falou para os profissionais do setor sobre as perspectivas econômicas para o Brasil. De maneira macro, o especialista em economia abordou que apesar de alguns setores de forma particular ainda sentirem os efeitos da recessão que começou em 2014, muitos desde 2017, já vivem a retomada do crescimento. “Nos últimos dois anos, acompanhamos um crescimento na economia na ordem de 0,8%. Um índice ainda fora do esperado, mas o país não retrocedeu, o que já é um ponto muito positivo”, destacou.

Segundo Rabi, existia uma perspectiva grande para um crescimento acentuado em 2018, o que não ocorreu. “Greve dos caminhoneiros, fragilidade política do governo de Michel Temer, que não conseguiu emplacar com as reformas políticas e as eleições, motivou um crescimento aquém do esperado”.

Para esse ano, o economista vai direto ao ponto. “É urgente que o governo promova a Reforma da Previdência, que encontra-se em um sistema arcaico e sem funcionalidade”. E mais: de maneira macro, é preciso aumentar o nível de Reservas Internacionais e promover a independência do Banco Central. Além disso, é preciso melhorar os índices de cadastro positivo, privatizações, concessões e PPs, incentivar a Reforma Tributária – revisando as desonerações, promover uma maior abertura comercial (política externa), combater a corrupção e investir em segurança pública.

Dentre outros temas importantes, Rabi ainda falou sobre as expectativas para o emprego no país, confiança dos empresários e taxa de inadimplência. “Tudo tende a melhorar, mas é preciso que o governo execute regras claras e precisas, propondo uma agenda de crescimento para o país, sem grandes surpresas tributárias, principalmente para os empresários”.

Sobre o setor da construção, Luiz Rabi afirma que a confiança dos empresários tende a melhorar. “Nossa expectativa é que encerraremos 2019 bem melhor que 2018, aguardando que 2020 seja uma oportunidade de crescimento para todo o país”.

serasatabela
Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page